Lembrei de uma música do nada – Parte 2

Dando continuidade a nossa matéria anterior, vamos explicar os 3 motivos principais para lembrarmos de uma música do nada.

Exposição

Nós estamos expostos o tempo todo a músicas, seja em lojas, trabalho, no trânsito. Essa quantidade de repetição facilita o processamento do cérebro, o que também explica porque algumas músicas são meio “chiclete” e não tem jeito de sair da cabeça.

 

Emoções fortes

Nosso cérebro também vincula músicas à eventos emocionais. Isso é um mecanismo de recompensa para representar nossos altos e baixos, sejam para lembrar de algo bom ou para promover um aprendizado.

Memória motora

Assim como nadar, dirigir e andar de bicicleta são coisas que a gente nunca esquece, as músicas também fazem parte disso devido a memória motora. Basicamente, isso é instituído no nosso cérebro por se tornar um hábito, seja cantando no chuveiro ou realmente aprendendo a cantar.

Você tem alguma música que representa um momento importante pra você e que jamais será esquecida? Conta pra gente nos comentários.

Fontes:

http://mverzaro.com.br/archives/1291

https://gauchazh.clicrbs.com.br/saude/vida/noticia/2014/08/Estudo-mostra-por-que-certas-musicas-nos-fazem-lembrar-alguem-4586547.html

https://super.abril.com.br/comportamento/por-que-algumas-musicas-grudam-na-cabeca/