Novo padrão de fabricação e uso de dispositivos de áudio

Organização Mundial da Saúde (OMS) e a União Internacional de Telecomunicações (UIT) publicaram um novo padrão global para fabricação e uso de dispositivos de áudio pessoais, uma vez que quase 50% as pessoas entre 12 e 35 anos correm o risco de sofrer perda auditiva devido à exposição prolongada e excessiva a sons altos, principalmente através de fones de ouvido e smartphones.

O diretor geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus afirmou que já que há conhecimento tecnológico para prevenção da perda auditiva, as pessoas não podem continuar sendo prejudicadas enquanto ouvem música. O objetivo é proteger a sociedade enquanto ela se diverte.

A ONU ainda estima que até 2050, 1 em cada 10 pessoas (900 milhões de pessoas) terá alguma perda auditiva e, assim como hoje, 50% dos casos podem ser evitados quando há acompanhamento médico.

O padrão determinado sugere que os dispositivos pessoais de áudio incluam:

A Organização Mundial da Saúde sugere que os fabricantes e governos adotem esse padrão de forma voluntária. Surge aí mais um aliado na nossa busca por uma saúde auditiva de qualidade. Vamos escutar esse recado com atenção?


Fonte: https://nacoesunidas.org/agencias-da-onu-recomendam-novo-padrao-de-dispositivos-de-audio-para-prevenir-perdas-auditivas/